Agenda Regulatória



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou participação no UTCAL Summit 2019. O convite foi feito pelo vice-presidente da UTCAL, Ronaldo Santarem, que esteve na sede da agência reguladora no dia 6 de fevereiro.

A Anatel também nomeou nova coordenação do Grupo de Trabalho de Utilities, que passa a ser liderado pelo engenheiro Tarcísio Bakaust. Ele é atualmente Coordenador de Planejamento de Espectro e Assuntos Internacionais da Anatel e Chairman do Grupo de Trabalho de Serviços de Radiocomunicações Terrestres Fixas e Móveis da Comissão Interamericana de Telecomunicações (Citel).

Nesses primeiros meses do ano, espera-se que um antigo imbróglio regulatório finalmente tenha um desfecho pela agência. Ainda no primeiro semestre, é possível que a Anatel dê parecer favorável para que as operadoras Claro, Oi, TIM e Vivo cumpram a meta de atender regiões rurais com uso de tecnologia satelital. Com isso, a faixa de 450MHz, adquirida pelas operadoras em leilão de 2012, poderá ser devolvida, para outros empregos, como em aplicações IoT.

Há aproximadamente sete anos, com a licitação da frequência de 450 MHz, as telefônicas pagaram bilhões de reais e ficaram responsáveis por atender áreas rurais com serviços de banda larga móvel. Mas, inicialmente, a meta era atender esses locais com a construção de uma rede terrestre rural. Até março ou abril, a discussão deverá ganhar mais espaço. Recomendamos a leitura desta reportagem sobre o tema: http://www.telesintese.com.br/anatel-devera-retomar-frequencia-de-450-mhz/