X

Inscrições online encerradas.

Inscrições somente no local.

image description Veja Mais

UTCAL Summit - 9ª edição

TELECOM & TECNOLOGIA
a transformação digital das utilities

Educação, Treinamento, Networking. Um local de encontro essencial para o melhor no setor de utilities. Venha buscar conhecimento! Conheça as tecnologias mais recentes, fique atualizado sobre políticas públicas e regulamentação e encontre importantes profissionais da indústria.


Para possibilitar essa transformação nas atividades de entrega de energia elétrica, gás, água, etc, as nossas utilities são dependentes das telecomunicações e das tecnologias inteligentes que estão sendo projetadas, implementadas e mantidas por profissionais altamente qualificados e de fornecedores de produtos e serviços inovadores.


O UTCAL Summit - 9ª edição oferece painéis dinâmicos, workshops e palestras. Conheça os decisores da indústria e conecte-se com os fornecedores na área de exibição. Desfrute de atividades na bela praia da Barra da Tijuca, enquanto fortalece sua rede de relacionamentos e conhecimentos em nossos eventos paralelos: Prêmio ALTA, jantar, coquetel e muito mais. Este evento é imprescindível para os profissionais de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), interessados em não apenas manter as tendências, mas chegar à frente das oportunidades rápidas no cenário das utilities.

image description

O UTCAL Summit - 9ª edição promove o encontro de Concessionárias de Serviços Públicos com Reguladores, Governo, Centros de Pesquisa, Empreendedores, Indústria, Fornecedores e os principais especialistas nacionais e internacionais.

image description

UTCAL Summit - 9ª edição

Programa Educacional

  • Transformação Digital;
  • Necessidades de espectro;
  • Novos Modelos de Negócio para a implantação de telecomunicações;
  • Colaboração;
  • O impacto do Big Data em nossas redes de telecomunicações;
  • Definição de Requisitos de Smart Grid;
  • Cybersecurity;
  • Infraestrutura e integração de IT/OT.

3000

Convidados

200

Empresas

20

+ Representantes do Governo

100

Fornecedores

15+

+ Países

UTCAL Summit - 9ª edição

Características do Evento

Ambiente de troca de conhecimentos onde são compartilhadas as diferentes visões, soluções e casos de sucesso brasileiros e internacionais.


  • Forte presença das Concessionárias (2019 - mais de 600 especialistas, sendo 55% das utilities);
  • Conteúdo internacional (presença dos principais especialistas dos EUA, Europa e América Latina);
  • Grande troca de experiências entre os participantes;
  • Aberto e livre: sem direcionamento para uma solução técnica específica ou fornecedor.
  • Workshops Pré-conferencia;
  • Um dia dedicado exclusivamente a plenárias e debates com especialistas;
  • Dois dias de palestras e eventos técnicos abordando temas específicos, relacionados aos assuntos propostos pelas comissões temáticas;
  • Três dias de exibição em Sistema Table Top para que os expositores demonstrem suas soluções;
  • Entrega do Prêmio ALTA - America Latina Telecom Award aos vencedores;
  • Oportunidades de networking - salas de reunião para participantes.

Realizado no excelente Centro de Convenções do Windsor Barra Hotel, Rio de Janeiro, RJ.

Características do Evento
Temário

UTCAL Summit - 9ª edição

Temário

  • Transformação Digital
  • Convergência IT/OT
  • Temas Emergentes para Modernização de Utilities
    • Modernização de redes de telecom
    • Soluções flexíveis para modernização de redes
    • IP/MPLS x MPLS-TP
  • Tecnologias Wireless
  • Temas Regulatórios
  • Compartilhamento de Infraestrutura - as dificuldades das utilities
  • Segurança Física e Cibernética - Novos Desafios
  • Otimização de redes de telecom para empresas de água e gás
  • Estratégias para Automação e Mobilidade de Equipes
  • Colaboração entre Utilities e Operadoras
  • Data Analytics e Big Data
  • Solução PLC para última milha
  • Requisitos de Redes Inteligentes

O Evento em 2021

UTCAL Summit - 9ª edição, em sua nona edição, será novamente o ponto de encontro, onde serão discutidos os principais problemas e soluções pelos profissionais das Concessionárias de Serviços Públicos no que se refere aos sistemas de telecomunicações e suas aplicações.

Segurança, Cyber e Fisica

Segurança, Cyber e Fisica

Segurança, Cyber e Fisica

IT/OT – Tecnologia da Informação e Tecnologia Operacional (ou de Automação)

Segurança, Cyber e Fisica

Desafios da Geração Distribuida

Segurança, Cyber e Fisica

Fibra, Broadband e Compartilhamento

Segurança, Cyber e Fisica

Telecom para Modernização da Rede e Data Analytics

Segurança, Cyber e Fisica

Regulamentação, Politicas Públicas e Defesa das Utilities

Palestrantes

Lista em desenvolvimento

Realizado pela UTC América Latina, entidade sem fins lucrativos, o UTCAL SUMMIT tem como seu principal objetivo promover a aproximação e o debate das questões-chave para as telecomunicações das Utilities da América Latina.

Vagas Limitadas

UTCAL Summit – 9ª edição

Inscreva-se

UTCAL Summit - 9ª edição

Programação do Evento

23 Março, 2021 • Terça-feira

Workshop I - 4RF

Coordenador: Marco Pangos

- Introdução as famílias de soluções Aprisa

Objetivo: Ajudar aos engenheiros de Telecom, Automação da Distribuição, Smart Grid (incluindo AMI/DER/VAR/Religadores) e Segurança Cibernética IP compreender a importância da seleção das diferentes opções tecnológicas em toda rede de Comunicações, SCADA, Automação, Tele proteção para minimizar CAPEX e otimizar DEC e FEC em suas redes (incluso as existentes de Legado que podem hoje ser integradas a redes de próxima geração da 4RF. Se ensinará como comparar em modo prático produtos de diferentes fabricantes para igual aplicação.

- Desenho e implantação de uma rede SCADA de missão crítica

Objetivo: Ajudar aos engenheiros e técnicos a compreender os pré-requisitos de Sistemas em Utilities (Subestações, Estações de Geração e Transmissão, Redes de Energia Renovável, Distribuição) e desenhar as soluções com segurança cibernética e critério de RF livre de interferências, exigidos nas redes da década 2021. Descrever e usar as melhores ferramentas que assegurem disponibilidade e proteção do sistema desenhado em âmbito rural ou de alta densidade urbana.

- Atividades pôs-instalação – Otimização da Rede

Objetivo: Apresentar as soluções da 4RF para Gestão da Rede integrada aos Sistemas Centralizados das Utilities. Como melhorar o desempenho em campo de cada elemento radio das redes e sua coordenação, acréscimo de densidade de redes usando ATPC e ACM (Modulação Adaptativa) , setorização de desenho de redes de RF SCADA, escolher em modo dinâmico o melhor caminho de comunicação entre os disponíveis, focando em qualidade de serviço. Definição de QoS (qualidade de serviço a 8 níveis) para priorizar serviços em redes de missão crítica, estabelecimento de proteção física e cibernética de cada elemento e da rede como sistema. Gestão e controle centralizado desde SCADA Master e outros sistemas próprios das concessionárias a mínimo custo.

- LTE, Soluções da 4RF para futuras redes IoT/IIoT e casos de sucesso

Objetivo: Apresentar as soluções da 4RF como evolução tecnológica focada em permitir atender as necessidades de IoT/IIoT em comunicações de missão crítica para Utilities permitindo um crescimento flexível em tecnologia e fabricante olhando para o futuro. Como melhorar, minimizando custos, a qualidade de serviço das Utilities e minimizar o tempo de restabelecimento de serviço com integração de redes de banda estreita com soluções nativas 3GPP LTE.

- Demo e exercício prático de configuração, operação e controle de uma rede de rádios Aprisa da 4RF para Utilities

Objetivo: Trabalhando em grupos, os assistentes aprenderão como configurar, proteger, operar e gerenciar uma rede de vários rádios Aprisa da 4RF incluindo a Estação Base Protegida hot swap – hot standby que assegura comunicação sem interrupção de cada elemento da rede.

Obs.: As palestras requerem que os participantes DEVEM trazer seus próprios laptop para fazer as sessões praticas. Ao final da sessão haverá sorteio de PRÊMIOS SURPRESA entre os participantes que passaram todos os capítulos.

Custo: Grátis com o registro completo da conferência. Um Certificado de Conclusão emitido pela UTCAL & 4RF será fornecido no final do curso. O registro é obrigatório e o tamanho da turma é limitado.

Workshop II - Furukawa

Apresentador: Engenheiro Carlos Henrique Santos

- Soluções Furukawa Wireless - Onde a fibra óptica não chega

Objetivo: Apresentar as soluções Wireless Furukawa para transporte e acesso com alta confiabilidade para redes Administrativas, Operativas, Legadas, IP e IoT. Diversas soluções exclusivas!

Lançamento nacional do LTE 250 MHz. Solução ideal para atendimento ao Smart grid com rede 100% privadas!

  • Rádios PtP (Ponto a Ponto) licenciado com 5.5 Gbps e 30 km
  • Rádios PtP (Ponto a Ponto) licenciado com 1.1 Gbps e 100 km
  • Rádios PmP licenciados
  • Rádios de frequência livre tri-band (2.4, 5 e 60 GHz) com 10 Gbps

24 Março, 2021 • Quarta-feira

ABERTURA

Luiz Carlos Ciocchi – Furnas

- Presidente

Roberto Parucker – Eletronorte

- Diretor-Presidente

Andre Pepitone – Aneel

- Diretor Geral - TBC

Domingos Romeu Andreatta - MME

- Secretário Adjunto - Secretaria de Energia Elétrica

Vitor Elisio Menezes - MCTIC

- Secretário de Telecomunicações

Laercio Albuquerque – Cisco do Brasil

- Presidente

Daniel Senna Guimarães – UTCAL

- Presidente do Conselho

KEYNOTE

Painel Regulatório – Modernização da Operação, Impactos da Tecnologia 5G e Compartilhamento

Moderador Daniel Senna – Cemig

Iniciando uma série de painéis estratégicos abordaremos aspectos regulatórios e o impacto da regulamentação dos setores de energia elétrica e de telecomunicações na modernização das empresas de utilities.

Sandoval Feitosa – Diretor

- ANEEL - TBC

Vinicius Caram - Superintendente

- ANATEL - TBC

Alvaro Fleury – ONS

- Diretor

Brett Kilbourne – VP

- UTC USA

Julian Stafford – Diretor

- Euro UTC

Ricardo Mucci - Diretor

- Cisco

Almoço

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO

Tecnologia para Modernização das Utilities

Moderador Samuel Possebom - Teletime

Continuando a série de painéis estratégicos, os principais provedores de tecnologia a nível mundial apresentarão as últimas inovações do mercado voltadas para a utility digital, sistemas de automação e telecomunicações em geral para as utilities.

Ian Throughton

- 4RF

Francisco Menezes

- Huawei

Ricardo Guedes

- Nozomi Networks

Ricardo Menezes

- Hughes

Valter Teixeira

- Juniper Networks

Doug Jeadmann

- Landis&Gyr

Intervalo

Patrocínio Coffee Break:

Modernização das Empresas Utilities – Visão dos Dirigentes

Moderador Josias Matos de Araújo - Cigrè

No terceiro e último painel do primeiro dia, executivos das principais empresas elétricas nacionais irão debater as principais tendências tecnológicas voltadas para a modernização do setor. Eles irão revelar como são feitas as escolhas de tecnologia à luz das novas tendências e tecnologias disruptivas nas áreas de IoT, 5G, Cloud Computing, Machine Learning, AI e Blockchain para se tornarem organizações totalmente orientadas a dados.

Max Xavier – Presidente

- Enel Distribuição SP

Frederico Candian – Diretor Corporativo de Processos e Tecnologia

- NEOENERGIA - TBC

Ricardo Botelho – CEO

- ENERGISA - TBC

Ramon Haddad – Vice Presidente

- STATE GRID

Djair Fernandes – Diretor de Operações

- FURNAS - TBC

25 Março, 2021 • Quinta-feira

Cibersegurança, seus desafios na TO e a abordagem de Furnas nesse campo.

Diogo Alves - Furnas

Nessa apresentação serão apresentadas as forças que movem os crescentes ataques à infraestruturas críticas, em especial as utilities de energia ao redor do mundo. As ações de grupos que operam buscando vulnerabilidades no ambiente de Tecnologia da Automação (TA) para explorar e obter ganhos financeiros, além das ameaças que envolvem guerras entre nações e todas as questões relacionadas à proteção desses ativos de missão crítica são a tônica dessa discussão, que busca expor alguns caminhos que vem sendo adotados pela equipe de TA de FURNAS para mitigar os riscos cada vez mais desafiadores na jornada pela manutenção da disponibilidade dos sistemas operativos.

Controles de segurança cibernética para adequação ao novo procedimento de rede do ONS:

Marcelo Branquinho - TI Safe

– CEO

Tendo em vista o novo procedimento de rede do ONS, novos controles e tecnologias devem ser incorporados aos sistemas de energia do GTD. A palestra apresentará detalhes sobre as tecnologias que devem ser adotadas para conformidade com os novos requerimentos.

Intervalo

Patrocínio Coffee Break:

Projeto SOMA

Italo Ferreira Martins - Energisa

O projeto SOMA 4.0 (Sistema de Otimização e Manutenção de Ativos) em desenvolvimento no Grupo Energisa tem como objetivo alcançar o próximo passo em manutenção de ativos implantando a predição de falhas em alimentadores pouco monitorados e diminuindo o número de atendimentos emergenciais, utilizando para isso ferramentas computacionais atuais como advanced analytics e machine learning.

Visão Geral da LGPD e as vantagens da Cloud L8

Rafael Campanucci - L8


L8 convida você a quebrar paradigmas e constatar que hospedar os dados da sua empresa e de seus cliente na Cloud L8 é muito mais vantajoso do que apenas estar em compliance com a nova LGPD.

Solução de Telecom de alta disponibilidade baseada em rádio na
frequência 250 MHz e em fibra óptica

Daniel Blanco - Furukawa


Desenvolvemos dois novos produtos para atender a demanda crescente do mercado de utilities. Nossas soluções foram desenvolvidas para atender ao nível mais alto de disponibilidade, com latência extremamente baixa, melhorando a performance da rede de automação dos nossos clientes.

Almoço

P&D Teleproteção IP - Cemig

Roberto Sebastião Junqueira Santos


Steffany Hellyano de Souza


Daniel Senna Guimarães

Projetos de Redes Metro Ethernet para sistema de vídeo monitoramento operacional e perimetral para subestações.


Alexsandro Evaristo da Silva – Netcom Américas

Serão apresentados os critérios de projetos para soluções de sistemas de vídeo monitoramento operacional e perimetral para subestações e usinas fotovoltaicas, incluindo as características técnicas e funcionalidades exigidas de cada câmera, além de aspectos relacionados às redes de transporte de imagens, tais como redes metro ethernet e redes GPON. Também serão abordados requisitos de localização das câmeras para garantir a visualização de equipamentos e perímetro da área operacional. O estudo é baseado em casos reais e mostra os resultados obtidos para o correto dimensionamento e escolha de soluções para atender aos requisitos de resiliência, cibersegurança, consumo de banda digital e criticidade do videomonitoramento.

Projeto DSO ATIBAIA ELEKTRO: Implantação de uma rede WiSUN- Objetivos, Benefícios Esperados e Resultados

Alexandre S. Soares – Itron

No ano passado, a Elektro, um dos principais clientes da Itron, instalou 40 mil medidores utilizando a rede Gen5 da Itron para fornecer uma solução abrangente. Isso permitiu à concessionária melhorar a qualidade do fornecimento e reduzir perdas comerciais em três cidades do Estado de São Paulo, entre as quais, Atibaia. Com essa inovadora modernização da rede, a Elektro lançou alicerces para desenvolver o modelo de distribuidora como operadora do sistema energético, uma empresa que vai além do papel atual de operadora da rede. Em uma rede multiplataforma e multiserviços, a distribuidora será capaz de integrar novas soluções inteligentes para a rede elétrica, como automação da distribuição e indicadores de controle de falha (FCIs), além de ajudar as cidades a integrarem soluções inovadoras como iluminação inteligente, controle de tráfego, postos de recarga de veículos elétricos, entre outras.

Sendo a rede da Itron compatível com a plataforma Wi-SUN, isto garante alinhamento na estratégia de digitalização das redes de Utilities como a Elektro, utilizando padrões abertos, possibilitando novas aplicações como automação de distribuição, iluminação pública, entre outras, e é o que a empresa deseja mostrar com este case durante o UTCAL 2021.

Intervalo

Estudo de caso de implantação de teleproteção em uma rede MPLS de subestações

Rafaela Werlang - Ciena

– Líder de engenharia de vendas

Como empresas do setor energético podem iniciar sua jornada de modernização de rede com MPLS-TP atendendo aos requisitos de desempenho para tráfegos críticos como teleproteção e atender às novas necessidades de vídeo, medidores inteligentes e banda larga. Exemplo real de empresa Americana que modernizou sua rede com soluções Ciena.

Case Cemig: A importância das soluções híbridas (celular e satélite) para a automação das distribuidoras.

Sandro Bernardes Oliveira - CEMIG


Ricardo Menezes - Hughes


Alex Vaz - Tivit

A Hughes e Tivit convidam a CEMIG para apresentar o Case do Projeto de automação das distribuidoras. A Cemig possui dois principais serviços para automação:

1º:  SCAN (Sistema de Comunicação, Atendimento e Navegação) que é uma das mais importantes soluções de telecomunicações e informática para a Cemig Distribuição e dependem do SCAN: Resultados Operacionais; Resultados Empresariais; Indicadores de qualidade; Manutenção da Concessão; hoje com aproximadamente 1.200 carros para atender a área de concessão em MG, o sistema com solução hibrida (Satelite e celular) tem proporcionado excelentes resultados operacionais e melhorias nos indicadores de qualidade.

2º Controle automatizado dos religadores: A solução de comunicação via satélite foi contratada no intuito de melhorar os índices de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC) em áreas remotas de Minas Gerais. Hoje a Cemig possui 960 equipamentos e pretende chegar a 1.410 até o final de 2021.

PALO ALTO

 

HAPPY HOUR ÁREA DE EXPOSIÇÃO – PATROCÍNIO UTCAL

Grid Edge Intelligence: benefícios para os consumidores
e distribuidoras de energia

Doug Jeademann - Landis+Gyr North America

– VP Product Management

Inteligência distribuída e mais próxima do consumidor (Grid Edge Intelligence) está mudando a forma que distribuidoras visualizam e gerenciam a qualidade da energia. Apresentaremos casos em que edge computing aliado à medição em nível de forma de onda permite reconhecimento de padrões de consumo em tempo real em redes IoT.

Addressing GAPS in IP migration

Emmanuel (Manny) Duvelson – Hubbell Power Systems

- Product Manager, RFL™ Products

As the number of substation communications IP migration projects and adoption of packet-based technologies continue to increase, many lessons have been learned from early adopters. One such lesson is that a successful migration involves more than just technology and service-delivery capability. As stated by the UTC Packet Network Working Group (PNWG): “additional processes involving network security, management and operational support must also develop to form a complete migration model”. In addition, power utilities must consider and address the three major gaps that come with such IP migration:

  • Technology Gap
  • Knowledge Gap
  • IT/OT Convergence Gap

Understanding the complete IP migration landscape and developing a model that addresses these various issues and gaps will ensure a successful migration, making sure that all your substation services continue to operate safely, reliably and securely, both during, and years after the migration. This presentation provides an overview of the complete landscape of the IP migration model, addressing issues such as reliability, network security, management and operational support. It also addresses the need to understand the major gaps that occur as a result of such migration and explores several ways utilities can overcome those challenges and take advantage of the many benefits that result in migrating to a packet-based infrastructure. Finally, the presentation offers successful case studies of substation communications IP Migration.

Intervalo

Patrocínio Coffee Break:

LTE privado para o futuro da distribuição de energia (Use Case Neoenergia).

Leonardo Marques Marsaioli - Neoenergia

Apresentar as fases de implantação, desafios e resultados da implementação de uma rede LTE privada na cidade de Atibaia-SP capaz de suportar um grande volume de dados de medição de clientes e automação de rede, além de diferenciar o tráfego e aplicar diferentes níveis de qualidade a cada serviço, de acordo com sua prioridade. A tecnologia é aderente aos requisitos de um modelo de distribuição moderno, preparando a distribuidora para o futuro do cenário energético, com mais informação para o cliente e maior qualidade e segurança da distribuição.

Impacto do 5G para as Utilities

Carlos Roseiro - Huawei

- Diretor de Soluções Integradas

Com a transformação da indústria energética, as redes de comunicação IoT precisam formar uma cobertura abrangente, com vasta gama de conexões e um grande número de equipamentos terminais.

Com suas vantagens únicas de segurança, confiabilidade, onipresença, economia e flexibilidade, as redes sem fio privadas tornaram-se os melhores meios para criar um acesso de rede neural "última milha" à rede de energia.

Como líder mundial em infra-estrutura de TIC, a Huawei implementou no Brasil a solução eLTE-DSA baseada em 4,5G e orientada para 5G, construindo efetivamente um acesso "última milha" em larga escala e apoiando as empresas brasileiras de serviços públicos a construírem uma rede de energia IoT líder mundial.

Aumentando a resiliência e reduzindo riscos operacionais de subestações e Redes de Energia

Alexandre Freire - Nozomi Networks

Alvo de frequentes ataques e até mesmo indisponibilidade, o setor elétrico busca em todo mundo melhorar a resiliência cibernética e reduzir indisponibilidade avaliando opções para aumentar a segurança cibernética de suas redes em busca de visibiliade em tempo real de ataques e de mecanismos para reduzir riscos prevenindo sabotagens e erros operacionais. A apresentação aborda controles sugeridos para elevar a maturidade da segurança cibernética e confiabilidade operacional dos sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia.  

Almoço

Segurança Integrada nas Redes Operativas: Como garantir segurança fim a fim no ambiente de automação.

Pedro Godoy - NTT

A convergência IT/OT, conforme definido pelo Gartner, está aumentando rapidamente. Apesar de já existirem múltiplas soluções de segurança para OT no mercado, apenas implantá-las não garante a segurança do ambiente. Uma aproximação holística, de modo 360, é a melhor forma de garantir um alinhamento completo entre as necessidades do negócio, necessidades operacionais e riscos presentes. A NTT demonstrará sua abordagem e expertise na criação de uma segurança fim a fim para a automação, envolvendo processos, pessoas, conscientização, treinamento, controles, compliance, tecnologia e serviços de gestão.

Aplicações de Medição Inteligente no Brasil

William Fernandes – Landis+Gyr South America

- Head of Product Management

Abordaremos casos específicos da realidade brasileira em que a aplicação de tecnologia foi fundamental na resolução dos problemas das distribuidoras.

A Landis+Gyr tem promovido e levado ao mercado a tecnologia AMI para medição e controle da distribuição de energia inteligente há mais de duas décadas no Brasil.

Metodologia de Planejamento de Redes Operativas de Telecomunicações

Victor Alves de Aragão Pinto - Neoenergia

Apresentar a Metodologia de Planejamento de Telecomunicações da Neoenergia, que será utilizada para direcionar a implantação e a expansão das redes operativas de acesso que suportam os diferentes serviços de Smart Grids. A metodologia leva em consideração não apenas os critérios técnicos, mas também os econômicos, sendo uma ferramenta importante para a definição das tecnologias e da arquitetura de alto nível dos projetos, tornando-se ainda um guia para os projetistas desenvolvam soluções viáveis (tecnicamente) e mais sustentáveis (economicamente). Na oportunidade serão apresentadas as diferentes tecnologias e os diferentes critérios adotados nas metodologias das empresas do Grupo Iberdrola, tais como a i-DE (ES), Avangrid (EUA) e ScottishPower (UK).

Intervalo

Monitoramento completo da infra de T.O e T.A da State Grid Brazil Holding

Lucio Chiessi e Evandro Fantin Abitante - SGBH

Cada vez mais temos a necessidade te termos os nossos equipamentos e serviços operacionais no máximo período de tempo possível. A parada de um equipamento, servidor ou serviço, podem gerar grandes prejuízos financeiros para a empresa. Por isso é tão importante um mecanismo de monitoramento que possa também avisar de imediato em caso de falhas, por diferentes tipos de mídia. Este mecanismo também deve possuir recursos de monitoramento preditivo e medições automáticas de SLA. O objetivo é demonstrar estratégias, recursos e procedimentos para o monitoramento de Infra de todo o parque de T.I. da State Grid, utilizando o Zabbix, como uma excelente ferramenta open source de Monitoramento pró-ativa, reduzindo custos e tempo o diagnóstico/solução de problemas.

Synchronization requirements for the Smart Grid

Luis Gonzalez – Oscilloquartz


Julian Portillo - Nextest

This presentation describes the synchronization requirements in today’s network. Highlighting the critical role of timing in Sub-station automation, and in the new dynamic and highly distributed next generation energy delivery networks, as well as the potential risks and reliability issues that exist.

AWS

IoT, o que o setor elétrico ganha com isso?

Gisele Braga – 2S

IoT é, sem dúvida, capaz de dar visibilidade e melhorar o desempenho das operações do setor elétrico, mas o sucesso da sua utilização dependerá da superação de impasses com conectividade e segurança da informação.

HAPPY HOUR ÁREA DE EXPOSIÇÃO – PATROCÍNIO UTCAL

Painel Modernização – Migração para Redes IP

Leonardo Leite e Ronaldo Araújo - Cemig/Fitec


Rodrigo Leal - Chesf


ECI


Ricardo Alencar - ABB

A migração das tecnologias SDH/Sonet para IP vem a ajudar as empresas a reduzir seus custos operacionais pela adoção de redes multisserviços. Nesse painel iremos apresentar alguns casos de migração em andamento no Brasil.

Intervalo

Patrocínio Coffee Break:

Cybersegurança: Uma visão para o Setor Elétrico

Ghassan Dreibi – CISCO

- Diretor da área de Segurança

5G Workshop

Gennady Sheiner - ECI

5G Workshop: 5 G mobile operators and 5G-related technology are starting deployment and field trials and consolidating many years of standardization in different forums. Technologies such as Segment routing, SDN-Software Define Networks, Virtualization and network slicing will have a deep impact in how OT networks will look like in the future. Also, 5G mobile networks will support a variety of use-cases and applications which will also impact on several marketplaces, such as IoT for the industry, the way DSO networks will look in the future and smart city platforms. This workshop will provide a glance on these topics and will allow us to look at the future/NextGen of OT networks.

Managing Intelligent Networks / Operation Center Monitoring

Dave Woronuk

- Megasys

 The demand for connectivity is tremendous – from the public, from industry, from governments – and the requirement is to provide an extremely high quality of service reliably and efficiently.  Failure to meet the requirement can have a significant impact on the consumer’s business and social integration, as well as the provider’s reputation and revenue stream.

A robust network management system is of paramount importance in achieving optimal performance – and fault management is only one prerequisite of a successful solution. Transparent redundancy, equipment management, performance management, security and audit control are among the necessities. Sophisticated network management applications will continue to evolve in order to meet today’s rapidly progressing technologies, and will address new operational challenges including secure cooperative sharing of network resources and changing regulatory compliances.  

This presentation will outline key requirements for the selection and implementation of an effective network management solution.

Almoço

LTE Privado Nokia & Neoenergia: Tecnologia & Aprendizados

Alberto Rodrigues de Oliveira - Nokia

– Gerente de Desenvolvimento de Negócios

Uma Nova Era para as Redes Inteligentes no mercado brasileiro

Gadner Vieira - GM Hexing Brasil

A implantação das Redes Inteligentes está passando por um ponto de inflexão no mercado brasileiro. Com o advento das novas tecnologias IoT e modelos de negócio aderentes a realidade nacional, aliado ao novo momento regulatório de renovação das áreas de concessão, motivadores financeiros que antes não tinham participação significativa nos planos de negócios, passam a ter importante peso e tornam-se catalisadores para uma Nova Era no setor.

Field area networks – combining the best of LTE and private radio

Steve Moffat - 4RF

- COO

Marco Pangos - 4RF

- Regional Director América Latina

No one technology can solve smart grid distribution automation communications challenges but an effective combination of approaches, mixing public and private networking can provide a comprehensive and a cost effective solution.  
 
This presentation will look at the strengths and weaknesses of private field area network options and how combining LTE and private radio technologies provide an ideal and agile solution for the various critical infrastructure field applications, specifically distribution automation application in electricity distribution networks. The combination of technology will be evaluated in terms of availability, coverage, resilience, latency, data rates, and ease of deployment.  These system choices are a good fit for the needs of the utility industry and are an appropriate technology to address today’s complex financial, spectrum, and regulatory landscape.

Intervalo

Painel LTE

Joselino S Filho - EDP


Gösta Kallner - 450MHz Alliance


Francisco Menezes - Huawei


Daniel Blanco - Furukawa

Nesse painel utilities e fornecedores apresentarão soluções de uso do LTE em diversas faixas de frequência.

HAPPY HOUR ÁREA DE EXPOSIÇÃO – PATROCÍNIO UTCAL

Inteligencia artificial nas redes críticas, reduzindo custos operacionais e aumentando a confiabilidade no sistema

Ivan Sandano - Juniper Networks

TIVIT

Intervalo

Patrocínio Coffee Break:

Combining RF Design with IP Radio based solution to Optimize Security and QoS for Distribution and Automation

David Coumou - Leader & CTO

- GE MDS Technology

IP/MPLS ou MPLS-TP: qual é o melhor caminho para smart grids no Brasil?

Flavio Hott - Logicalis

 As Power Utilities estão passando por uma grande transformação.  Enquanto a infraestrutura e dispositivos de subestação são eliminados gradualmente para abrir caminho a redes IP, os riscos de ataques cibernéticos crescem.

Nesse cenário, o principal motor para a transição das comunicações da próxima geração é o movimento em direção a Smart Grids. A alta capacidade de transporte de dados e a redução de OPEX são necessários para lidar com a quantidade de tráfego gerado pelas aplicações avançadas previstas em redes de energia inteligentes

Arquiteturas híbridas “ Sem Fio “:  garantindo a operação e disponibilidade dos dispositivos existentes e os de última geração das concessionárias de energia.

Kalina Barboutov - ABB Power Grids

- Head of Presales Wireless

A medida que o setor de comunicações avança com a próxima geração de tecnologias e recursos, as concessionárias de energia enfrentam vários desafios - qual a melhor tecnologia para nós? Como podemos aprimorar nossa capacidade de comunicação e nos beneficiar das novas tecnologias sem uma substituição onerosa dos dispositivos existentes? Como podemos equilibrar a necessidade de redes privadas de alta disponibilidade com o custo de tais soluções? A abordagem híbrida da ABB Power Grids para comunicações de distribuição de energia aborda esses desafios de uma maneira holística e flexível.

Almoço

5G Small Cell Deployments Using Utility Infrastructure

Gabriel Garcia – CPS Energy

Como as Empresas do Setor Energético podem estabelecer controles de Segurança Cibernética para atender aos requisitos de Operação do Sistema Interligado Nacional da ONS

Felipe Coelho Ribeiro - Siemens

Entenda como a correta combinação de tecnologias pode ajudar as Empresas do Setor Elétrico no estabelececimento os controles de segurança cibernética pelos agentes de operação conectados à rede de supervisão e pelo ONS em seus ambientes operativos.  Abordaremos recursos e desafios para Gestão de Riscos e Vulnerabilidades, Detecção de Ameaças, Monitoração de Redes, Resposta à Incidentes e Sitemas de Acesso Remoto Seguro ao ambiente operacional afim de atender as normativas requeridas e arquiteturas aplicaveis às infraestruturas do sistema de controle.

Garantindo o sucesso na implantação
de uma rede privada

Rafael Vivaldi - CelPlan

Com base na experiência acumulada na construção de redes públicas e privadas em diversas tecnologias e em mais de 20 países, a CelPlan apresenta as etapas fundamentais para que a implantação de uma rede privada de missão crítica possa alcançar seu objetivo, permitindo uma rede robusta com convergência de uso.
Será apresentado um case de sucesso onde estas etapas foram realizadas, bem como o resultado alcançado. No decorrer, serão também citados problemas que ocorreram em cenários onde estas etapas não foram respeitadas.

Intervalo

Painel Cybersecurity para empresas elétricas

Marcelo Branquinho - TiSafe


Marcos Berger - ECI


Utility brasileira


Palo Alto


Alexandre Freire - Nozomi Networks

Nesse painel serão apresentadas soluções e diretrizes utilizadas por utilities nacionais e internacionais e fornecedores de tecnologia.

HAPPY HOUR ÁREA DE EXPOSIÇÃO – PATROCÍNIO UTCAL

26 Março, 2021 • Sexta-feira

Painel P&D Cooperado – Projeto de Ciber Segurança do Setor Elétrico Brasileiro

Dymitr Wasjman - UTCAL

A Evolução do NOC de Telecom da Neoenergia para um Centro de Gerenciamento de Redes Inteligentes (CEGRI).

João Vyctor Garcia - Neoenergia

Apresentar a evolução da implementação do CEGRI (Centro de Gerência de Redes Inteligentes) do Grupo Neoenergia na integração e padronização dos processos de toda a área de Smart Grids (Telecom, Medição, Automação e Tempo Real), bem como apresentar os futuros desafios a serem implementados. O CEGRI tem contribuído para trazer mais eficiência e agilidade nas tratativas dos elementos da rede de distribuição, bem como auxiliado na tomada de decisão com base na geração de KPIs.

Solução centralizada para comunicação GPRS

Maurício Dias Avelino - Energisa

Intervalo

Integração do CITV no Sistema de Supervisão e Controle de FURNAS

Roberto dos Santos Silva e Nei Martins Araújo Lima - Furnas

A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA (ANEEL) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) têm exigido cada vez mais que as empresas do setor aumentem a disponibilidade de seus ativos através da redução dos índices de interrupção.

Após a entrada em vigência da Resolução Normativa ANEEL 864/2019 (versão decorrente da Audiência Pública no 026/2019 da ANEEL), os requisitos para assistência de instalações da rede de operação foram revisados (submódulo 10.14 dos Procedimentos de Rede do ONS).

Com o objetivo de atender a estes requisitos, FURNAS está executando um projeto para adicionar ao Sistema de Supervisão utilizado nos Centros de Operação da empresa (Sistema SOL), mecanismos para visualização de imagens fornecidas por câmeras localizadas em suas estações.

Este trabalho descreve uma solução simples e de baixo custo para aquisição e visualização de imagens integrada com o Sistema SOL.

Agenda Regulatória relativa a Gestão de Espectro - Anatel

Maria Aparecida Muniz Fidelis da Silva - Anatel

Nessa palestra da Anatel irá revisitar a agenda regulatória 2019-2021 dando ênfase aos itens de maior interesse das utilities.

Entrega Prêmio Destaque, Encerramento e Almoço

12ª REUNIÃO DO GT ANATEL UTILITIES

Apresentação do Projeto Vencedor do Prêmio ALTA

Benefits to combine LTE with from Multiple Store and Forward and Virtual Router Protocol (VRRP) for Narrowband Applications

Osmar Guidelli Jr

- Sales Director

Daniel Murua

- Application Eng

Healthbot e Northstart - automatizando as redes críticas com ambientes que englobam diversos fabricantes.

Marcio Carneiro - Juniper Networks

Intervalo

Case Neoenergia: Projeto DINO - Utilização de tecnologia híbrida Satélite e Celular como solução de comunicação em ferramenta de mobilidade.

Benedito Somaio - Neoenergia


Ricardo Menezes - Hughes


Wander Nogueira - Tivit

A Hughes e Tivit convidam a Neoenergia para apresentar o Case do Projeto DINO, Despacho Inteligente para uma Nova Operação, que foi responsável por implementar um sistema de despacho automático com inteligência para notas de serviço das equipes de campo técnicas e comerciais, que atuam na área de concessão da COELBA, CELPE e COSERN, distribuidoras do Grupo  Neoenergia, levando em consideração distância, duração e prioridade da tarefa. Importante passo no processo de digitalização do Grupo, o DINO tem como principal diferencial a roteirização baseada em objetivos estratégicos, o compartilhamento de turmas em momentos de contingência, eliminação do uso de papel e complementação das notas automaticamente. Com mais de 8.200 pessoas treinadas e em operação e 3.097 veículos dotados de infraestrutura de comunicação (rede celular ou satélite), o sistema processa, em média, 21.400 tarefas diariamente, despachando-as para equipes.

A Experiência de Self-Healing da Energisa Mato Grosso do Sul utilizando rádio UHF

Energisa

Entrega Prêmio Destaque, Encerramento e Almoço

12ª REUNIÃO DO GT ANATEL UTILITIES

Redes 5G Privadas – Casos de Uso

Sérgio Sevelianu - Siemens

Uma das principais diferenças entre o 5G e as gerações anteriores de redes celulares está no foco do 5G na comunicação de máquinas e na Internet das Coisas (IoT). Em particular, o 5G suporta comunicação com confiabilidade sem precedentes e latências muito baixas, além de conectividade IoT massiva. Nesta apresentação serão apresentados estudos de caso para demonstrar como o 5G pode beneficiar as verticais de utilities. Serão especialmente exploradas as possibilidades que o 5G oferece para a criação de redes 5G privadas

Modelos de negócio para Utilities no 5G: Experiência Americana

Mauricio Subieta - Nokia

Inovações em Redes Sem Fio (Wi-Fi 6/5G)

Luis Felipe Silva – Huawei

- Arquiteto de Soluções

O Wi-Fi 6, derivado do 5G, utiliza tecnologias inovadoras de antena e algorítimo para construir uma rede sem falhas de cobertura, sem tempo de espera e com zero perda de pacotes durante o roaming, ajudando vários setores a implementar rapidamente a transformação digital sem fio no futuro.

Intervalo

Os 5 principais aprendizados no desenho de redes dedicadas para Teleproteção

Mauricio Subieta - Nokia

– Regional CTO – Energy Segment

Implementação do Sistema Integrado de Operação e Manutenção - SGBOM

Raphael Leal dos Santos – State Grid

Devido ao tamanho da companhia, buscamos no mercado um sistema customizável o suficiente para atender todas as necessidades internas e integrar os 5 pilares de nosso departamento: Finanças, Manutenção, Operação, Segurança e Gestão de Recursos. Com esses dados integrados e relacionados é possível termos insights que não é viável sem integração destes dados.

Entrega Prêmio Destaque, Encerramento e Almoço

12ª REUNIÃO DO GT ANATEL UTILITIES

Infraestrutura e Aplicações inteligentes para Subestações

Alberto Pittigliani Junior e Paulo Abdon – Quantum 13

A demanda gerada para aumentar controle e segurança exige cada vez mais da infraestrutura e sistemas instalados nas subestações. Redes básicas e computadores simples usados até agora, não são capazes de proporcionar os níveis desejados para controle e segurança das aplicações, dos ativos e das pessoas envolvidas na operação. É necessário a implementação de novos switches, firewalls, IDS, servidores e aplicações que, além de construídos para suportar os requisitos ambientais de uma subestação, agora embarcam cada vez mais inteligência.

Vamos abordar um caso de aplicação de Inteligência Artificial para detecção de situações anómalas em operações de campo pela análise de imagens (uso correto de EPIs, acesso a áreas de exclusão, certificações para o trabalho, etc).

CISCO e SEL : Uma abordagem para Teleproteção 87L sobre redes IP/MPLS. 

Severiano Leão Macedo – Cisco

– Gerente de desenvolvimento de negócios

Delivering distribution automation – communications best practice

Ian Troughton – 4RF

- CEO

Marco Pangos – 4RF

- Regional Director América Latina

Private narrowband radio is an effective and economic smart grid communications tool with a proven heritage.  The bandwidth requirements for today's grid monitoring and control technologies have escalated, particularly through the development of new SCADA protocols, the demand for better security, and the penetration of network management into all levels of grid communications networks.  However, new technology including 256 QAM has increased the capacity of these radio systems to the point where modern monitoring and control requirements can be satisfied over large service areas.  Many aspects of modern SCADA communications development has been driven by new grid investment and smart grid initiatives.  Deployment of a radio based solution requires key practical design decisions in the areas of planning, spectrum acquisition, and information technology system integration while performance and security require careful consideration and good implementation practice.

Intervalo

Advanced Distribution Management System - ADMS

Rodrigo Teodoro Bilia de Moraes – CPFL

– Gerente do Projeto ADMS

Marcio Rocha - ABB


Davi Bisinotto Gomes - Siemens

Experiências e Expectativas dos fornecedores e empresas elétricas.

Entrega Prêmio Destaque, Encerramento e Almoço

12ª REUNIÃO DO GT ANATEL UTILITIES

Este programa está sujeito a alterações e a UTCAL divulgará essas alterações através dos monitores instalados nas entradas das salas.
A inscrição dá direito a Almoço no local do evento.
As palestras serão disponibilizadas ao final do evento após autorização dos autores.

UTC AL Summit

Eventos Anteriores

Confira abaixo as fotos dos eventos anteriores.

UTCAL Summit - 9ª edição

Patrocinadores Confirmados

Master

  •  
  • CISCO
  •  

Premier

Gold

Expositor

Jantar de Premiação - Prêmio ALTA

  •  
  •  
  • ITRON
  •  
  •  

Prêmio Destaque UTCAL

  •  
  •  
  • AWS / NTT
  •  
  •  

Wi-fi

  •  
  •  
  • INTERNEXA
  •  
  •  

Apoio Institucional

O Hotel

Windsor Barra Hotel

Av. Lúcio Costa, 2630 - Barra da Tijuca, RJ

O Windsor Barra Hotel tem localização privilegiada na Barra da Tijuca. Além da mais extensa praia carioca, o bairro é conhecido pela modernidade, diversas opções de lazer a céu aberto e gastronomia diferenciada. Próximo à Praia Recreio dos Bandeirantes e reservas ecológicas e shopping centers.

Windsor Barra Hotel
Windsor Barra Hotel

Contato

Dúvidas sobre o evento?

Preencha o formulário abaixo que logo entraremos em contato.
image description